Rosemary Arruda

Tão profundo quanto meu próprio eu!

Textos

O USO DAS REDES SOCIAIS
Atualmente com o uso das ferramentas disponíveis em mídias digitais e da internet é muito comum as pessoas postarem em redes sociais suas ideias, opiniões, críticas e até mesmo sua vida pessoal. Todos têm o direito de falar, de se manifestar e de se expressar da forma que desejar, entretanto, muitas dessas pessoas estão usando os meios de comunicação para mostrar ao mundo os seus sentimentos, de forma a ferir outras pessoas. A Bíblia diz que "o falador fere com golpes de espada; a língua dos sábios, porém, cura" (Provérbios 12,18). Muitas delas não se incomodam muito com isso e talvez seja mais prazeroso ter um sentimento de vazio do que não despojar sua raiva sobre um irmão.

Essas atitudes demonstram a falta amor, de sabedoria e o quanto sua vida está vaga, seus anseios demonstrados na internet nada mais são do que o retrato de uma vida vazia, de um ser que vive na escuridão, sem sabedoria e que está no pecado. "Os lábios do justo sabem o que é próprio, mas a boca dos ímpios só conhece a perversidade" (Provérbios 10,32). A Bíblia diz que no muito falar há transgressão e que até o tolo quando se cala é considerado um sábio.

Um verdadeiro cristão se diferencia por suas palavras, mantendo "longe de vós, toda amargura, e cólera, e ira, e gritaria, e blasfêmias, e bem assim toda malícia" (Efésios 4.31). Não se exponha dessa maneira e não fira ninguém, as redes sociais podem ser usadas perfeitamente para aproximar as pessoas e diminuir as distâncias. Se o homem chegou ao ponto de descobri-la foi com a permissão de Deus que tudo faz para edificar sua criação. Se não for dizer nada que edifique que fique calado!
Rosemary Arruda
Enviado por Rosemary Arruda em 03/08/2019
Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Tela de Claude Monet
Site do Escritor criado por Recanto das Letras