Rosemary Arruda

Tão profundo quanto meu próprio eu!

Textos

Mãos que derramam sangue inocente
É muito triste ver até que ponto chegou a maldade humana. Fico chocada ao ver discussões com relação à vida. Agora o homem determina quem pode ou não viver? Tem o domínio da vida e decide sobre o destino de um feto ou mesmo um embrião?  Por acaso seriam Deuses ou estão querendo ser um? Por que  não fizeram a mesma coisa com você no momento em que foi gerado, talvez a terra fosse um lugar melhor para se viver sem sua presença e suas mãos que derramam sangue inocente.
Rosemary Arruda
Enviado por Rosemary Arruda em 13/08/2019
Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Tela de Claude Monet
Site do Escritor criado por Recanto das Letras