Rosemary Arruda

Tão profundo quanto meu próprio eu!

Textos

A importância do descanso
O descanso hoje tão ignorado, tão deixado de lado é de fundamental importância para nossa sobrevivência.

Quando foi a última vez que você desacelerou, desconectou do mundo e de seus problemas e verdadeiramente relaxou? Não me refiro ao relaxamento apenas físico, mas do descanso da alma, onde nada e quaisquer problemas conseguem ultrapassar as suas emoções, não conseguem penetrar no seu íntimo. Isso sim é relaxar, quando nada consegue atingir as artérias de seu coração.

Tudo o que é bom e perfeito foi doado por Deus, foi nos dado de graça, e o descanso tão necessário se faz presente até nas escrituras sagradas.
Então abençoou o sétimo dia e o separou como um dia sagrado, pois nesse dia Ele acabou de fazer todas as coisas e descansou. (Gênesis 2,3)

As ocupações do dia-a-dia, atualmente, se diferenciam das ocupações do tempo passado. Os dias passaram a ser mais curtos e quando nos damos conta já é noite. Quantas vezes você conseguiu no decorrer do dia parar por um instante para sentir o calor do sol, admirar o verde, prestar atenção nas pessoas, conversar com algum desconhecido, brincar com um cachorro na rua, correr atrás de uma criança, dar um sorriso inocente, trocar algumas palavras com pessoas tão carentes e muitas vezes em situação de rua, ou facilmente seu olhar foge dessas situações.

Estar sempre com alguma ocupação nos dá a sensação de saciedade, do ser importante, sem estabelecer limites, estamos sempre ocupados com algo e o tão merecido descanso se resume num sofá em frente a uma televisão, muitas vezes assistindo coisas desnecessárias que nada edificam, ou mais intensamente na tela de um celular em tempo integral numa falsa satisfação de amizade e admiração por coisas ou pessoas muitas vezes irreais, ou intentando coisas boas ou ruins.

Quando esses pensamentos se elevam ao ser extraordinário que nos criou, quando por um instante nos lembramos Dele e somos gratos por todas as coisas, há o refrigério da alma, é tão profundo, tão inexplicável que a sensação é a de estar flutuando em meio às nuvens, é ver por trás de uma vidraça o exterior do mundo, onde vemos pessoas cansadas, com a pele brilhando entre cansaço e suor, que conseguimos enxergar se tudo isso vale a pena.

Atividades sem limites agem em sua mente e organismo como uma potente droga da qual você dificilmente conseguirá se libertar. Torna-se um anestésico que desequilibra por inteiro uma pessoa. Pare e repare ao seu redor o modo de agir das pessoas, como correm, com mãos trêmulas e atitudes desequilibradas, falta de respeito com o outro e discussões desnecessárias; em meio a tanto tumulto, o que estaria passando em suas mentes, coisas construtivas ou destruidoras? Claro que não temos como saber, mas num corpo cansado e mente exaltada não irradia a luz, não vislumbramos Deus.

É importante estar ocupado, com certeza! Nada como a satisfação de estar empregado, de poder ter o necessário para você e sua família, mas nada, além disso, somente o necessário, não tudo o que o dinheiro pode comprar. Agindo dessa maneira nunca você vai se libertar e se distancia cada vez mais do descanso da alma, pois sua alma almeja cada vez mais, e intensifica a corrida atrás dos últimos lançamentos que há no mercado, nunca se satisfaz com o que tem, mas está sempre em busca do melhor. E aí eu pergunto do melhor em que e para quê?  O último lançamento de tudo, as melhores roupas de marca? Celulares e joguinhos sensacionais? O melhor, o primeiro plano, é estar em paz, é poder descansar, é desfrutar de momentos na maior intimidade com Deus.

A vida sem descanso é insustentável. O descanso alivia, dá energia e renova as forças. Praticar o descanso é uma disciplina espiritual que nos ajuda a desfrutar da presença de Deus e a realinhar as prioridades.

Reserve um momento só seu, único, pelo menos uma vez por semana, se desligue de tudo, realinhe sua vida, estabeleça metas, defina  prioridades, e, verdadeiramente, sinta o poder de Deus exalar na sua vida, desfrute dos pastos verdes e das águas tranquilas descritos na sagrada escritura. Renove suas forças!
Rosemary Arruda
Enviado por Rosemary Arruda em 30/08/2019
Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Tela de Claude Monet
Site do Escritor criado por Recanto das Letras